Configurando seu negócio online: um guia passo a passo

Deseja elevar o nível do seu negócio? Não sabe como criar um site? Todos nós já estivemos nessa situação! Você apenas precisa de um pouco de orientação sobre como configurar seu negócio online.

A internet mudou a forma como fazemos negócios. Anteriormente, as empresas operavam principalmente de forma offline, expondo uma vitrine física e interações presenciais com os clientes. Agora, cada vez mais e mais empresas estão migrando para o online. Essa mudança foi acelerada pela pandemia do COVID-19, pois as empresas tiveram que encontrar novas maneiras de alcançar seus clientes. Se você está pensando em montar seu negócio online, mas não sabe por onde começar, não se preocupe, pois isso é normal. Nós vamos te orientar em todas as etapas, desde a escolha do nome de domínio até a configuração do site e marketing de sua empresa.

Decida seu modelo de negócios

Antes de criar um site ou configurar as redes sociais da sua empresa, você precisa decidir sobre seu modelo de negócios. Você quer vender produtos ou prestar serviços? O que você pretende oferecer e como fazer isso? Essas perguntas vão te ajudar a determinar quais plataformas são mais apropriadas para o seu negócio. Por exemplo, se você administra uma loja física, criar um site pode impulsionar as vendas online. Por outro lado, se sua empresa for focada em serviços, configurar um site pode não ser a melhor estratégia e assim criar contas em redes sociais podem atrair os clientes com maior eficácia. Saber quais plataformas são melhores para o seu negócio o ajudará a decidir em que focar.

Escolha um nome de domínio

Antes de construir seu site, é importante escolher o nome de domínio, ele é endereço para que as pessoas encontrem seu site. Nessa etapa é importante decidir por um nome de domínio que reflita a sua marca e a imagem que o público deve criar dela. Isso vai ajudar as pessoas a se lembrarem da sua empresa e facilita a localização de seu site. 

Você pode escolher o nome que quiser, contanto que esteja disponível – e é possível utilizar um verificador para conferir isso. Depois de encontrar um nome de domínio livre, é preciso comprá-lo e pagar a taxa de hospedagem para mantê-lo ativo.

Configure seu site

Depois de decidir o nome de domínio, é hora de configurar seu site. Ao fazer isso, também é fundamental pensar no público-alvo. Quais palavras-chave seus clientes usam ao procurar empresas como a sua? Use-as ao configurar o site para facilitar que as pessoas o encontrem. Você também pode otimizar o site para os resultados de pesquisa do Google, essa é uma ótima maneira de ser descoberto por pessoas que pesquisam produtos e serviços como o seu. Suponha que você possui uma loja de comércio eletrônico e está criando o site para ela, deve-se pensar em opções de pagamento, opções de entrega e políticas de devolução – já que esses são tópicos muito procurados por pessoas que fazem compras online. É essencial definir claramente suas estratégias, para que os clientes em potencial saibam o que esperar de sua loja.

Atraia o público com produção de conteúdo

Com o site em funcionamento, é importante produzir conteúdo atraente e interessante. O que isto significa? Essencialmente, você deve desenvolver conteúdo que faça as pessoas quererem continuar lendo, por isso o site precisa ser informativo e envolvente. Essa é a melhor maneira de construir um público e engajar as pessoas com sua marca. 

Mas para isso é preciso acertar o público-alvo. Por exemplo, se você está administrando um negócio voltado para adolescentes ou jovens adultos, deve-se produzir conteúdo voltado a esse grupo demográfico – como vídeos e imagens. Já se seu público tiver idade mais avançada ou for mais formal, convém focar em conteúdos mais maduros – como textos.

Otimize seu site para os mecanismos de busca

O próximo passo é a otimização para mecanismos de pesquisa. Isso significa incluir palavras-chave e frases que as pessoas provavelmente vão digitar em plataformas como Google, Bing e Yahoo!. Você pode fazer isso criando um mapa do site, com um índice e se certificando de que cada página tenha um título descritivo e uma abundância de palavras-chave. Deve-se também garantir que o site esteja limpo e livre de erros, já que clientes em potencial podem ser perdidos nessa situação. Tendo a facilidade e usabilidade do consumidor em mente, aumentam suas chances de direcionar mais usuários para seu site.

Atraia mais tráfego para seu site

Com todos os passos acima realizados, é hora de direcionar o tráfego para ele e existem algumas maneiras para que isso aconteça. Criar postagens em redes sociais, gerando curtidas e compartilhamentos é uma delas. Desenvolver uma newsletter para incentivar as pessoas a se inscreverem para receberem seus e-mails. Separar uma verba para anunciar o site nas plataformas de busca também pode trazer um tráfego interessante.

A criação de um blog dentro do seu portal pode ajudar – inclusive direcionando para outros sites e publicações, criando um ecossistema. Externamente, participar de eventos e conferências relacionados ao seu setor é uma ótima maneira de conhecer novas pessoas e divulgar sua empresa. Bem como considerar a contratação de uma empresa de relações públicas, terceirizando esse trabalho para especialistas que vão te ajudar a divulgar a companhia em publicações respeitáveis.

Converta visitantes em clientes

Depois que as pessoas começarem a visitar seu site, é importante mantê-las interessadas. Se sua empresa é uma loja de comércio eletrônico, é importante tornar a compra de produtos e criação de conta o mais intuitivo possível, evitando que os visitantes não enfrentem obstáculos e problemas. Para facilitar ainda mais, oferecer opções de entrega convenientes, como envio rápido no mesmo dia ou dia seguinte, pode te destacar entre os concorrentes – principalmente se seu negócio for pequeno. Outras soluções que ajudam a tornar o cliente fiel podem ser a oferta de descontos e cupons ou criar um programa de assinatura com benefícios como entrega gratuita, por exemplo.

Mensure seu sucesso

Com essas últimas etapas realizadas, chegou a hora de medir o sucesso da sua estratégia. Nesse momento você deve responder perguntas como: quantas pessoas estão visitando seu site?; quantos estão comprando produtos ou se inscrevendo no serviço?; quantos estão compartilhando conteúdo nas mídias sociais?. Para acompanhar essas métricas, pode-se utilizar plataformas como o Google Analytics. Essa ferramenta vai te ajudar a saber o que está funcionando e o que precisa ser melhorado. É importante fazer o acompanhamento e ir ajustando conforme necessário, para assim maximizar seus resultados.

É isso, pessoal! Seguindo esse guia, você conseguiu configurar seu negócio online com sucesso e está aumentando sua base de clientes. Se sua empresa já está em operação no digital, considere integrá-la com a Borzo! Oferecemos integrações de API com sites como Shopify, VTEX e Wiz. Se você tiver seus próprios sites, também oferecemos integração de módulos, para obter os pedidos de seus clientes diretamente em nossa plataforma.

Peça um entregador da Borzo através do nosso site (disponível no navegador desktop ou móvel) ou nosso aplicativo!

Compartilhe este artigo!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Borzo Brazil – Borzo Brazil Blog – Configurando seu negócio online: um guia passo a passo